Introduza a palavra a pesquisar
Pesquisa
 
 Quem Somos   Núcleos    Sócios APEA   Ensino e Profissão   Agenda   Notícias   Inscrições em Formações/Eventos   ECOinforma   Contactos 
Bem-vindo  Notícias  Noticias Indústria e Ambiente
Slideshow image
Ver Calendário APEA para os próximos eventos
     
Notícias
Apresentacoes
CLIMA 2014
Confer. Nac. Sustentabilidade no Setor do Turismo
Conferência Sustentabilidade no Sector do Turismo
Curso de Verão sobre Internacionalização
Diversas
Formações e Eventos APEA
Noticias Indústria e Ambiente
Notícias sobre a APEA
Energia: ADENE quer mais e melhor literacia energética
Texto e fotografia por Carlos Alberto Costa

A comunicação com os consumidores, o aumento da literacia energética e a avaliação das políticas públicas do setor são eixos da nova estratégia da ADENE – Agência para a Energia.
Energia: ADENE quer mais e melhor literacia energética

Os novos projetos apresentados dia 22 de fevereiro, em Lisboa, pela recém-empossada equipa de gestão, incluem a criação de uma plataforma digital, um centro de informação e o observatório de energia.

“Queremos uma agência mais dinâmica, mais informativa e mais próxima dos interesses do consumidor. E para isso é necessário dar o salto em termos de comunicação com o público, aproveitando a cada vez maior sensibilidade e disponibilidade das pessoas para o uso da Internet e as suas preocupações com as escolhas energéticas e as questões ambientais”, disse à Construção Magazine o novo presidente da ADENE, João Paulo Girbal.

A plataforma “Poupa Energia” ou “Operador Logístico da Mudança de Comercializador de Energia” (OLMC) permitirá comunicar com o consumidor para que este tenha acesso a informação sobre os mercados liberalizados de eletricidade e de gás natural. Através de simuladores avançados, o utilizador poderá determinar o seu perfil de consumo e visualizar as suas opções. Na mesma plataforma será possível efetuar a mudança para o comercializador de energia que oferecer as melhores condições para o seu caso específico.

O Centro de Informação para a Energia visa dar a conhecer uma visão integrada do setor, contribuindo para o aumento da literacia energética. O público em geral poderá conhecer factos relevantes do ciclo da energia, desde as fontes de produção ao transporte, distribuição, armazenamento, comercialização e consumo. O centro de informação envolve a utilização de meios tecnológicos interativos avançados para concretizar demonstradores e simuladores, recorrendo às ferramentas informáticas mais recentes em termos de realidade virtual e aumentada.

O Observatório da Energia vai avaliar políticas públicas do setor da energia baseada em resultados, divulgando regularmente estatísticas do setor. A ADENE pretende, desta forma. colocar à disposição do público em geral, dos decisores políticos e dos investigadores, um instrumento de avaliação de políticas, de divulgação de informação e de promoção do conhecimento científico, em parceria com instituições universitárias e de investigação. A Internet será o veículo privilegiado de comunicação e a agência pretende, igualmente, promover eventos públicos enquanto fóruns de discussão de temas relevantes.

A nova equipa de gestão da ADENE é constituída por João Paulo Girbal, presidente, Maria João Coelho e Paulo Tomás, vice-presidentes, Manuel Bóia e Miguel Sales Dias, vogais.

 
Enviar este artigo a um(a) amigo(a).
  
 
Notícias
Bolsa do Empreendedorismo 2017 – 9 de maio, Lisboa
Bolsa do Empreendedorismo 2017 – 9 de maio, LisboaJá estão abertas as inscrições para a Bolsa do Empreendedorismo 2017, promovida pela Representação da Comissão Europeia em Portugal no Dia da Europa, 9 de maio, pelas 9h30, na Fundação Champalimaud, em Lisboa.
Inovação em energia renovável na União Europeia
Inovação em energia renovável na União EuropeiaO estudo “Heterogeneous policies, heterogeneous technologies: The case of renewable energy” analisa os efeitos da regulação de mercado e da política ambiental em oito tipos de energia renovável na União Europeia. Reduzir as barreiras à entrada de energia pode funcionar como um grande impulso à inovação nesta área.
Poluição atmosférica afeta desenvolvimento das bactérias, aumentando o potencial de infeção
Poluição atmosférica afeta desenvolvimento das bactérias, aumentando o potencial de infeçãoUm grupo de investigadores da Universidade de Leicester, em Inglaterra, publicou um estudo a poluição atmosférica e aspetos de colonização bacteriana e sobrevivência das bactérias.
Primeiro “Acordo de Inovação” europeu dirige-se à reutilização da água
Primeiro “Acordo de Inovação” europeu dirige-se à reutilização da águaNo dia 7 de abril, a Comissão Europeia e 14 parceiros, entre autoridades nacionais e regionais, universidades e centros de inovação, assinaram o primeiro “Acordo de Inovação”, um instrumento criado pela Comissão Europeia para ajudar a ultrapassar obstáculos legislativos e, deste modo, encurtar a distância entre uma ideia e a sua aplicação no mercado. Serão abrangidos projetos que tenham por objetivo último a economia circular. É um acordo voluntário que visa juntar os organismos regulatórios nacionais, locais e da União Europeia.

Poluição atmosférica afeta desenvolvimento das bactérias, aumentando o potencial de infeção
Poluição atmosférica afeta desenvolvimento das bactérias, aumentando o potencial de infeçãoUm grupo de investigadores da Universidade de Leicester, em Inglaterra, publicou um estudo a poluição atmosférica e aspetos de colonização bacteriana e sobrevivência das bactérias.
Filipe Duarte Santos é o novo presidente do CNADS
Filipe Duarte Santos é o novo presidente do CNADSO Governo aprovou, através da Resolução do Conselho de Ministros n.º 42/2017, a designação de Filipe Duarte Santos para presidente do Conselho Nacional de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

O novo presidente exercerá funções durante três anos, com possibilidade de renovação, sucedendo a Mário Ruivo, falecido este ano.

Filipe Duarte Santos é professor catedrático jubilado de Física na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.
 |  Adicionar aos Favoritos  |  Mapa do site  |  Ficha Técnica  |  Membro português da EFAEP  
RSS RSS link  RSS-Eventos RSS Eventos link  RSS-Emprego RSS Emprego link   © Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente 2008 - desenvolvido com Senso Comum Lda.