Introduza a palavra a pesquisar
Pesquisa
 
 Quem Somos   Núcleos    Sócios APEA   Ensino e Profissão   Agenda   Notícias   Inscrições em Formações/Eventos   ECOinforma   Contactos 
Bem-vindo  Sócios APEA  Parcerias
Slideshow image
Ver Calendário APEA para os próximos eventos
     
Sócios APEA
Arquivo
FAQs
Parcerias
Ser Associado
Sócios da APEA têm desconto na propina da Pós-Graduação em Gestão em Engenharia Urbana do ISCAC
A APEA assinou recentemente um protocolo de colaboração com o ISCAC - Instituto de Contabilidade e Administração de Coimbra, que permite a todos os seus sócios com as quotas em dia usufruirem de um desconto de 20% na propina do curso de pós-graduação em Gestão em Engenharia Urbana desta escola.

Candidaturas até 16 de Outubro (3ªfase)
Sócios da APEA têm desconto na propina da Pós-Graduação em Gestão em Engenharia Urbana do ISCAC

Descrição do curso

O curso de Pós-Graduação em Gestão em Engenharia Urbana tem como destinatários titulares do mestrado integrado ou de licenciatura preferencialmente em engenharia civil, engenharia do ambiente, arquitetura ou áreas afins e outros candidatos com experiência e interesse no setor da engenharia urbana.

A crescente complexidade e dinâmica dos mercados trouxe novos desafios à economia à escala global, com forte reflexo em vários setores empresariais. Esta dinâmica foi particularmente exigente nos setores ligados ao urbanismo, obrigando os diplomados em engenharia e arquitetura ao aprofundamento de conhecimentos na gestão de projetos, de processos, de organizações ou mais frequentemente na vertente de obra.

Nesse sentido, a presente pós-graduação procura facultar uma formação generalista de gestão que complemente a visão técnica da engenharia com a visão prática da gestão. Pretende-se também estender as competências técnicas dos profissionais das engenharias civil e do ambiente e arquitetura, conferindo capacidade analítica e crítica nas principais áreas do negócio envolvente.

O conteúdo programático da presente pós-graduação prevê a promoção de um conjunto de conhecimentos que visam articular de forma correta e optimizada a relação entre a gestão e as componentes fundamentais da engenharia urbana. Para responder a estas exigências o plano curricular está estruturado em oito módulos, em que os primeiros constituem uma base generalista da gestão envolvendo competências necessárias ao desempenho da função de gestor e com os restantes pretende-se reforçar os conhecimentos técnicos em áreas relevantes na conjetura atual da engenharia urbana.

O corpo docente é constituído por profissionais altamente especializados e com larga experiência nas diferentes competências técnicas em consonância com docentes da CBS com comprovada actividade científica e prática na área da gestão.

No documento associado a este artigo (em baixo) poderá encontrar a brochura do curso.


Informações complementares

Coordenação:

- Prof. Doutor Pedro Lopes Tavares
- Prof. Doutor Pedro Coimbra Martins
- Engº António José Cardoso

Início previsto das aulas: 23 de Outubro de 2015

Candidaturas até 16 de Outubro (3ªfase)

240 horas / 60 ECTS / aulas em horário pós-laboral: às sextas-feiras após as 18:30 e aos sábados de manhã e à tarde.

Mais informações e candidaturas:

- http://bs.iscac.pt/?nav1=1&nav2=4&nav3=23
- pg.geurbana@gmail.com 


Informações sobre pagamentos

No acto da candidatura é paga simplesmente a taxa de candidatura (50€). Nessa altura deve ser enviado conjuntamente um comprovativo de sócio da APEA (a pedir através do email assessoria@apea.pt). Posteriormente, quando da validação da candidatura, é solicitado o pagamento da propina, já com a redução de 20% em relação à propina anual, ou seja, um valor total de 1200€ (pode ser efectuado de uma só vez, no acto da matrícula, ou em cinco prestações).

 
descarregar documento associado ao artigo (pdf)

 
Enviar este artigo a um(a) amigo(a).
  
 
Notícias
Bolsa do Empreendedorismo 2017 – 9 de maio, Lisboa
Bolsa do Empreendedorismo 2017 – 9 de maio, LisboaJá estão abertas as inscrições para a Bolsa do Empreendedorismo 2017, promovida pela Representação da Comissão Europeia em Portugal no Dia da Europa, 9 de maio, pelas 9h30, na Fundação Champalimaud, em Lisboa.
Inovação em energia renovável na União Europeia
Inovação em energia renovável na União EuropeiaO estudo “Heterogeneous policies, heterogeneous technologies: The case of renewable energy” analisa os efeitos da regulação de mercado e da política ambiental em oito tipos de energia renovável na União Europeia. Reduzir as barreiras à entrada de energia pode funcionar como um grande impulso à inovação nesta área.
Poluição atmosférica afeta desenvolvimento das bactérias, aumentando o potencial de infeção
Poluição atmosférica afeta desenvolvimento das bactérias, aumentando o potencial de infeçãoUm grupo de investigadores da Universidade de Leicester, em Inglaterra, publicou um estudo a poluição atmosférica e aspetos de colonização bacteriana e sobrevivência das bactérias.
Primeiro “Acordo de Inovação” europeu dirige-se à reutilização da água
Primeiro “Acordo de Inovação” europeu dirige-se à reutilização da águaNo dia 7 de abril, a Comissão Europeia e 14 parceiros, entre autoridades nacionais e regionais, universidades e centros de inovação, assinaram o primeiro “Acordo de Inovação”, um instrumento criado pela Comissão Europeia para ajudar a ultrapassar obstáculos legislativos e, deste modo, encurtar a distância entre uma ideia e a sua aplicação no mercado. Serão abrangidos projetos que tenham por objetivo último a economia circular. É um acordo voluntário que visa juntar os organismos regulatórios nacionais, locais e da União Europeia.

Poluição atmosférica afeta desenvolvimento das bactérias, aumentando o potencial de infeção
Poluição atmosférica afeta desenvolvimento das bactérias, aumentando o potencial de infeçãoUm grupo de investigadores da Universidade de Leicester, em Inglaterra, publicou um estudo a poluição atmosférica e aspetos de colonização bacteriana e sobrevivência das bactérias.
Filipe Duarte Santos é o novo presidente do CNADS
Filipe Duarte Santos é o novo presidente do CNADSO Governo aprovou, através da Resolução do Conselho de Ministros n.º 42/2017, a designação de Filipe Duarte Santos para presidente do Conselho Nacional de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

O novo presidente exercerá funções durante três anos, com possibilidade de renovação, sucedendo a Mário Ruivo, falecido este ano.

Filipe Duarte Santos é professor catedrático jubilado de Física na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.
 |  Adicionar aos Favoritos  |  Mapa do site  |  Ficha Técnica  |  Membro português da EFAEP  
RSS RSS link  RSS-Eventos RSS Eventos link  RSS-Emprego RSS Emprego link   © Associação Portuguesa de Engenharia do Ambiente 2008 - desenvolvido com Senso Comum Lda.